Tudo que você sempre quis saber sobre: Regenerações

Untitled-2

Neste momento já deve ter se tornado óbvio o fato de que as regenerações dos time lords são um conceito chave em meio à série, com mais de 11 encarnações conhecidas do Doctor, além de encarnações de outros Time Lords, como Rassilon, Romana, Master, entre outros. Mas há vários detalhes sobre regenerações que novos fãs da série talvez não saibam e fiquem se perguntando. As respostas para estas dúvidas estão logo abaixo.

Quantas vezes o Doctor regenerou?

Na tela foram 9 vezes (além de uma regeneração do décimo onde ele deposita a energia em uma mão sua – que havia sido cortada anteriormente e está depositada em meio a um líquido), mas sabe-se que o oitavo Doctor (Paul McGann) regenerou fora das telas e tudo indica que a encarnação interpretada por John Hurt que apareceu em The Name of the Doctor foi uma encarnação anterior à 11ª, ou seja: mais uma regeneração que não apareceu nas telas.
Há também o caso do Valeyard, uma versão futura do Doctor composta pelo lado mais sombrio da sua personalidade. Não se sabe ao certo se ele é uma nova encarnação do Doctor ou um ser completamente novo formado a partir dele, pois é dito que ele surgiu “entre a 12ª e 13ª encarnações” do Doctor.

Há um limite para regenerações?

Sim, mas não se sabe ao certo como funciona. A série clássica já mostrou diversas vezes que um time lord não pode regenerar mais do que 12 vezes (uma 13ª regeneração criaria um corpo deformado, que aparenta estar em decomposição), ou seja: um máximo de 13 encarnações por time lord.

Porém, não se sabe se este é um limite orgânico dos time lords (como o episódio The Angels take Manhattan, da série moderna, deixa implícito na cena em que River Song fica com raiva do Doctor por gastar parte de sua energia regenerativa curando-a) ou se é um limite imposto pela sociedade dos time lords em Gallifrey (pois é mencionado diversas vezes na série que os time lords podem conceder um novo ciclo regenerativo a um time lord).

Além disso, problemas surgem na série moderna. Em primeiro lugar, o fato de River Song ter dado para o Doctor sua energia regenerativa para fazê-lo voltar à vida (em Let’s Kill Hitler) deixa a dúvida se isso o deu um limite maior de regenerações ou se apenas foi o bastante para que ele não morresse. Há ainda a questão de que, se o limite era apenas imposto pelos time lords, não se sabe se ele ainda afeta o Doctor após o fim da sua raça. Além disso, em Death of the Doctor (episódio de The Sarah Jane Adventures), Clyde pergunta para o time lord quantas vezes ele pode regenerar, causando a resposta de “507 vezes”. Tudo indica que isto foi apenas o Doctor brincando com a mente do garoto, mas não se sabe ao certo ainda.

Um time lord pode controlar sua regeneração?

É possível um time lord se negar a regenerar (como acontece com o Master em The Last of the Time Lords), algo que pode levá-lo à morte, mas provavelmente isto é impossível se o time lord estiver inconsciente.

Alguns time lords demonstram habilidade para inclusive escolher a sua aparência (como parece acontecer com a Romana em Destiny of the Daleks) ou pelo menos influenciar o resultado da regeneração (como parece acontecer com o Master em Utopia, que demonstra o desejo de ter um corpo jovem e energético como o do Doctor, resultando em uma forma bastante semelhante à 10ª encarnação deste, na questão de disposição física), mas isto parece ser relativamente raro. Inclusive, a quinta encarnação (interpretada por Peter Davison) do Doctor menciona que o problema da regeneração é que “você nunca sabe no que vai dar”.

Como funciona a regeneração?

Não se sabe de todos os detalhes. Várias explicações aparecem em livros e em histórias de áudio, mas nada disso pode ser considerado como oficial enquanto não houver confirmação na série de TV, sem falar no fato de que estas explicações são conflitantes. Sabemos que o processo de regeneração renova todas as células do corpo do Time Lord, aparentemente mudando até o genótipo da pessoa (que muda de aparência), culminando em uma mudança nas células nervosas, fazendo com que a nova encarnação passe por uma fase de movimentos bastante desorganizados, confusos ou até agindo de uma forma maníaca e sem sentido enquanto o cérebro muda. Sabe-se, ainda, que a habilidade de regenerar parece ter surgido nos Time Lords devido ao contato com o vórtex do tempo, o “caminho” por onde viajantes do tempo passam.

Vale notar, porém, que alguns time lords não passam por nenhuma complicação, seja ela dor física ou falta de coordenação dos movimentos e atitudes, um exemplo disto é a regeneração de Romana em Destiny of the Daleks.

 Um time lord pode morrer sem regenerar?

Sim. Se um time lord receber outro golpe mortal enquanto estiver regenerando, sua regeneração pode ser cancelada, causando a morte. A regeneração também é cancelada se ambos os corações de um time lord forem destruídos ao mesmo tempo. Há também doenças que forçam os time lords a morrerem sem regenerar, como a Chen-7 (em The Girl Who Waited), além de certas armas criadas especificamente com esse intuito, como as carregadas por guardas em Gallifrey.

E, por último, se o corpo for destruído rapidamente (como Rassilon causa em End of Time) ou o time lord se afogar em uma velocidade acelerada (como explicado em Turn Left), a regeneração se torna impossibilitada.

Onde eu posso ver todas as regenerações do Doctor?

Aqui:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=uXCpY_3Sac8&w=400&h=225]

 

Mais dúvidas sobre o processo de regeneração? Postem nos comentários e responderemos dentro do possível.

Nos acompanhe e curta nosso conteúdo!
error
Fechar Menu