Queda na audiência de Doctor Who

 

Doctor Who retornou há duas semanas e apesar de ter se dado bem nos índices de audiência americanos, no Reino Unido isso não aconteceu. O episódio exibido na semana passada, The Witch’s Familiar, atraiu apenas 3,7 milhões de espectadores. Isso seria culpa da própria BBC?

Quando a série retornou em 2005, o primeiro episódio estreou com um impressionante público de 10,81 milhões. Era uma nova era para Doctor Who: Um novo Doutor, uma nova companheira e muitas novas aventuras. A segunda e a terceira temporada continuou com resultados impressionantes. Em 2008, o especial de Natal foi assistido por espetaculares 13,31 milhões de pessoas e os grandes índices continuaram até a saída de David Tennant, em 2010.

A audiência começou a oscilar durante a era de Matt Smith como o Doutor. Quando Peter Capaldi assumiu, sua primeira temporada teve um saudável número nos índices, mas houve um pequeno declínio. Agora com a nona temporada, muitos sites e jornais (ingleses) publicam sobre “a queda na audiência de Doctor Who”, e há uma conclusão de que a própria BBC seja a culpada.

Veja abaixo os índices dos primeiros episódios até a oitava temporada. Na época, a série retornava em tempo de Páscoa do Reino Unido:

 

  • Rose – 10.81 milhões
  • New Earth – 8.62 milhões
  • Smith & Jones – 8.71 milhões
  • Partners in Crime – 9.14 milhões
  • Planet of the Dead – 9.54 milhões
  • The Eleventh Hour – 10.08 milhões
  • The Impossible Astronaut – 8.86 milhões
  • The Bells of Saint John – 8.44 milhões

 

Todos os primeiros episódios das temporadas que estrearam pelo menos perto da época de Páscoa tiveram seus índices mantidos entre 8 e 11 milhões. Porém, quando a data de estreia foi mudada para o outono, a série teve muito mais competição. Os espectadores desta época assistem o retorno de programas ao vivo muito populares como o The X Factor, Strictly Come Dancing e, este ano, a Copa Mundial de Rugby.

Abaixo há alguns fatos que foram observados nas últimas duas semanas:

  • O primeiro episódio da nona temporada teve uma audiência de 4.6 milhões, se tornando a estreia com menos público.
  • O episódio da semana passada, a conclusão para a história do primeiro episódio, foi assistido por apenas 3.7 milhões. O pior desde 1989, quando a Classic Who foi cancelada.

Com estes outros programas interferindo no desempenho de Doctor Who, é claro que os índices estão caindo. Nem todo mundo pode assistir tudo de uma vez, e este tipo de programa, que concorrem com a série, são muito mais prováveis de serem assistidos ao vivo. Tentar competir com a audiência fanática destes programas só resultariam no mau desempenho do show. Mover a série para outono foi um grande erro.

Além disso, a BBC não está focando no público familiar já que os episódios vão ao ar cada vez mais tarde. O episódio dessa semana, Under the Lake, e seu sucessor terminarão após as nove da noite (o canal começa a exibir programas direcionados aos adultos após este horário). É uma péssima ideia para os pequenos fãs da série a assistirem por conta de suas rotinas, o que significa um menor potencial para alcançar bons resultados.

Outra razão seria a falta de comerciais divulgando os episódios, que aparecem muito pouco na programação da BBC One. Em setembro, as pessoas esperavam ver os trailers de Doctor Who antes de uma das séries de grande audiência exibida pelo canal (EastEnders), e ele só foi exibido apenas três vezes. Parece que a BBC estava mais interessada em promover um reality show sobre dança que é exibido todos os dias.

Em conclusão, a BBC é quem está afundando com Doctor Who. Os organizadores da agenda do canal devem repensar a posição da série e a forma como divulgam um show tão popular como esse.

Fonte 

 

Nos acompanhe e curta nosso conteúdo!
error
Fechar Menu