Primeiro Master, Roger Delgado completaria hoje 100 anos

Hoje, 1º de março de 2018, marca-se o centenário de um dos maiores atores de Doctor Who, que interpretou a primeira versão do vilão Mestre (Master) na série clássica, Roger Delgado, falecido aos 55 anos e que hoje completaria aniversário de 100 anos de idade.

Roger fez parte do elenco fixo de Doctor Who durante o início da década de 1970, estreando em 1971, no arco “055 – Terror of the Autons“, escrito por Robert Holmes.

O primeiro Mestre

A personagem Mestre (do original em inglês “Master”) foi criada pelo produtor Barry Letts e pelo editor de roteiro Terrance Dicks para agir como um contraste do 3º Doutor, interpretado por Jon Pertwee, ou seja, uma espécie de “Mestre-Moriarty” para um “Doutor-Sherlock Holmes”.

Ele apareceu em todas as histórias da Temporada 8 da série clássica, às vezes sobressaindo-se ao próprio Doutor, só para incomodar.

Com a ajuda da companion Jo Grant, interpretada por Katy Manning, e com o time da UNIT totalmente definido, a série estabeleceu um padrão baseado em “o Mestre arquitetar um plano maligno para destruir a espécie humana” e “ser frustrado pelo Doutor no último minuto”.

Última aparição

As aparições de Delgado na Temporada 9 foram menos frequentes, mas ele ainda apareceu em três das cinco histórias. Sua última aparição foi no arco “067 – Frontier in Space“, de 1973.

A morte prematura do ator em um acidente de carro na Turquia roubou um dos vilões mais clássicos da série e um dos amigos mais queridos do elenco.

Nunca chegamos a ver o confronto final entre o Mestre de Roger Delgado e o 3º Doutor, e assim o vilão desapareceu da série por muitos anos.

Roger (…) Delgado (…)?

No dia primeiro de março de 1918, nascia Roger Caesar Marius Bernard de Delgado Torres Castillo Roberto.

Embora a mãe dele fosse belga e o pai fosse espanhol, Roger nasceu em Whitechapel, na região East End de Londres (região ao leste da muralha medieval de Londres), ao som dos tradicionais sinos da igreja de St. Mary-le-Bow, fazendo dele um autêntico “cockney“, um antigo termo utilizado para descrever os londrinos nascidos ao som dos sinos de Bow na região East End.

Delgado lutou na Segunda Guerra Mundial no Regimento de Leicestershire e no Royal Signals, chegando ao título de Major.

Carreira no Teatro e na TV

Ele estrou no teatro em 1939, aos 21 anos, e apareceu na TV pela primeira vez em 1948, aos 30. Pelos próximos 25 anos, especializou-se nos típicos vilões europeus, com papéis como o traiçoeiro enviado espanhol “Mendoza” em Sir Francis Drake e “Don Jose” em Queen’s Champion.

Ele apareceu também em Os Três Mosqueteiros, Nom-de-Plume, The Buccaneers, Huntingtower, As Aventuras de Robin Hood, Hancock’s Half Hour, Biggles, The Odd Man, Triton, Ricardo Coração de Leão, Ghost Squad, Seeing and Believing, O Homem da Máscara de Ferro e Z-Cars.

Ele fez 16 participações nas séries de ação produzidas pela ITC, incluindo Danger Man, The Saint, The Champions, e Randall and Hopkirk (Deceased).

Morte prematura

Roger Delgado morreu enquanto estava na Túrquia, para gravar a teleminissérie franco-alemã La Cloche Tibétaine, quando o carro em que ele estava viajando perdeu-se da estrada, caindo de uma ribanceira.

A morte de Delgado contribuiu para a decisão do então triste Jon Pertwee, com quem ele tinha uma forte amizade, de sair de Doctor Who ao final da Temporada 11.

Roger Delgado tinha apenas 55 anos de idade.

Tradução: Djonatha Geremias (Universo Who)
Fonte: Marcus Hilton (Doctor Who News)

Nos acompanhe e curta nosso conteúdo!
error

Este post tem 2 comentários

  1. Nossa… com 100 anos, o Doutor era considerado uma criança hahaha

  2. Vocês ainda tem vaga para staff?

Comentários encerrados.

Fechar Menu